Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Ventos cruzados

por cheia, em 18.08.17

Vento cruzado

 

O vento está zangado

Tudo é contestado

Decapitam-se os heróis do passado

Nada está assegurado

Por todo o lado

O perigo está montado

Onde poderemos descansar do peso do tempo andado?

Não há mais, uma esplanada de café

Um banco de jardim onde possamos, por momentos

Pousar as canseiras do dia, dos anos

Para partilharmos com os amigos

A alegria de viver, que outros não nos venham entristecer!

Que pena, não saibam saborear o que de melhor há: conviver!

Mesmo que, para muitos, a vida seja muito dura

Ninguém a deve interromper

Não pedimos para nascer

Tudo, devemos fazer, para a manter

Quanta alegria, ver os filhos, netos, bisnetos a aparecer!

Todos têm um pouco de nós

Vão-nos embalar, no nosso entardecer

Mas, o Mundo está muito magoado

E, tem toda a razão

Muitos dos seus filhos não têm pão

Sinto-me culpado

Por meio mundo esfomeado

Por viver num luxo exagerado

Ser incapaz de contribuir

Para um equilíbrio, sustentado.

 

 

 

José Silva Costa

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 18:33


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D