Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Velocidade!

por cheia, em 29.10.19

A viúva negra

A viúva negra, como, pelo Bandarra, foi batizada

Está por todo o lado, onde passam os carros

Autoestrada, estrada, e até na rua, cansada

Sempre à espreita de quem, o código, não respeita

Não escolhe entre géneros nem idades!

Mas não gosta de ser desafiada

Aplica uma pena pesada

E, há muito quem goste de a desafiar

Jovens irreverentes, pouco prudentes, irresponsáveis

Mas, também, pessoas de todas as idades

Que gostam de beber, de acelerar, comunicar

Como conduzir não exige atenção e concentração!

Aproveitam para, as mensagens, enviar

Falar ao telefone e ver o facebook

Como a viúva negra é insaciável

Pagam caro o deslumbramento

Com a própria vida, ou ficam com ela, presa por um fio

Como se as estradas não se tivessem transformado em granadas

Os carros não atingissem velocidades escusadas

E, as pessoas não gostassem de sair disparadas.

 

Hoje, comemora-se o quinquagésimo ano do email

Por favor, nunca envie nem leia emails, enquanto conduz.

 

José Silva Costa

 

 

 

   

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:02


11 comentários

Imagem de perfil

De Luísa de Sousa a 29.10.2019 às 20:58

Que lindo José.
Que forma maravilhosa nos nos alertar para os perigos da condução irresponsável.
A viúva negra é a morte, não???

Beijinhos José
Imagem de perfil

De cheia a 29.10.2019 às 21:20

Muito obrigado, palas suas amáveis palavras. A viúva negra é o alcatrão. Quando o alcatrão apareceu, segundo tenho ouvido, Bandarra, que fazia profecias, anteviu o que está a acontecer, chamando-lhe a viúva negra.
Infelizmente, as mortes nas estradas não param de aumentar!

Boa noite
Imagem de perfil

De Luísa de Sousa a 29.10.2019 às 21:26

Ah, não associei ao alcatrão!!!
Obrigada pelo esclarecimento José!
Boa Noite
Beijinhos

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D