Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Postigo fechado

por cheia, em 20.01.21

Mal dita pandemia

Quem diria

Que tanta gente mataria

Tanta gente desesperada

Tanta casa fechada

No jardim, no banco, não nos podemos sentar

Nem beber café ao postigo

Temos de estar em casa fechados

Podemos ir à varanda

Espreitar a vizinha

Ver se está acompanhada

A rua está sozinha

Nem homem das castanhas

Nem o artista de rua

Nem o arrumador de automóveis

Ela está completamente nua

Até as aves estão a penar

Não há um resto de bolo

Nem pão, nem miolo

Está tudo tão limpo

Tão desinfetado

Mas ninguém tem cuidado

Andam sem máscaras

Em multidão

Para poderem sair à rua

Alugam um cão

Gabam-se de a todos enganar

Menos o vírus

Que sem esperarem

Os faz pararem

Depois, queixam-se da má sorte

Nunca dizem que é a cabeça que não tem norte

Não acreditam na ciência

Só em milagres!

José Silva Costa

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:00

Festas e Romarias

por cheia, em 29.06.20

Santos Populares

Meu Santo António, casamenteiro

Devido ao Covid-19, este ano, ficaste solteiro

Os casamentos de Santo António, não se realizaram

Este vírus provocou uma pandemia no mundo inteiro

O São João não teve arquinhos nem balões

Ficaram em casa, os muitos foliões

Ao São Pedro aconteceu-lhe o mesmo

Tempos difíceis, em que nemos Santos fazem milagres

Por este ano, as festas populares estão encerradas

Os festeiros levam o seu trabalho muito a peito, estão tristes e amargurados

Por não terem podido, as festas, organizar

Todos os anos, muito trabalham, para as suas cidades, vilas, aldeias engalanarem

Para os forasteiros encantar

As festas e romarias são momentos de encantamento

Por isso, é que os séculos não as desfazem

Os festeiros não se poupam a trabalhos, para que não se desfaçam

Procuram fazer o melhor que sabem, para os seus antepassados honrar

Ensaiam a Banda Filarmónica, para na procissão atuar

Enfeitam e carregam os andores, para à rua saírem

Organizam a quermesse, para fundos angariar

Para as despesas poderem pagar

Estes eventos procuram toda a comunidade envolver

Sentem-se orgulhosos por a ela pertencer

Sentem-se reconhecidos, quando são eleitos para as organizarem

Este ano, infelizmente, tudo ficou sem efeito

Esperamos que para o ano tudo seja diferente

Para a alegria podermos partilhar.

 

Bom São Pedro

 

José Silva Costa

   

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:34


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D