Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Perfume!

por cheia, em 09.03.21

O perfume da vida

 

Os olhos são flores, onde acariciamos o amor

Nos nossos olhares navegam todos os mares

São eles que amortecem as tempestades

Não envelhecem, são jovens em todas as idades!

Os peitos são jeitos de embalar

Os lábios são o mar, onde gosto de navegar

Os cabelos são fios de ouro, onde os meus dedos se gostam de aninhar

Todo o teu corpo é um sonho, onde perco o olhar

 Com os nossos beijos queimamos os sentidos

As tuas palavras são melodias, para os meus ouvidos

No respirar dos sonhos, deitamos o futuro

Juntos, escalámos todos os muros

Nos longos anos duros

Que a idade nos premiou, com descanso

Com o perfume de rosas e cravos

Com os olhos rasos de alegria

Regamos os nossos perfumados canteiros

Que felicidade!

Ver nos últimos anos da idade

Continuarem a crescer os frutos das sementes

Que plantámos na mocidade.

 

José Silva Costa

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:06

Mulher!

por cheia, em 08.03.21

Dia Internacional da Mulher (2021)

 

Mulheres, flores, amores, delicados perfumes

Mães, amores, flores, delicados furores

Companheiras, canseiras, delicadas amantes

Parceiras fora e dentro de casa

São flores

São amores

São tudo!

São ar

São fogo

São perfume

São raio de luz!

São mulheres

São mães

São futuro

São tudo!

São quem gera a vida

São quem dá colo

São quem muda a era

São braços em esfera

São lábios à espera de alguém

São tudo o que mais ninguém é!

São o sonho invisível da luz

São o pão, o sal e a cruz

São tudo o que, na Terra, reluz.

José  Siva Costa

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:00

A amizade

por cheia, em 26.05.19

Maio

Maio, mês do sol, das flores, dos fins de tarde encantadores!

Das cerejas rubras e deliciosas, como os beijos

Do desejo de te beijar, como se cerejas estivesse a provar

Os teus lábios são romãs, com cerejas a namorar, que gosto de saborear

Vamos aproveitar este sol de Maio, para nos embalar

Não há mês como este para nos levar ao altar

Quem me dera que todo o ano fosse Maio

Passar todo o tempo no sorriso do teu encanto

Sem chuva, sem frio, sem vento

Só com o sol a brilhar nos teus olhos e o corpo a saber a mar

Na praia, no campo, no meio das flores, a sonhar

Com futuros, sem muros, sem guerras, sem fomes, sem pobres

Talvez sejam só visões, mas seria tão bom viver na ilusão

Sem saber da realidade, dura e crua

Abraçar um desejo, um sonho, um amanhecer diferente

Onde a humanidade pudesse estar toda abraçada por uma causa

A amizade!

 

José Silva Costa

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:32


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts recentes


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D