Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Património

por cheia, em 25.09.23

DE AlTEMIRA FIZ UM RAMO

 

Este é o título de um dos livros, que o Senhor Francisco Carita Mata, autor dos blogs: https://aquem-tejo.blogs.sapo.pt e https://apeadeirodamata.blogs.sapo.pt, me ofereceu, o outro é a XXIII Antologia da Associação Portuguesa de Poetas, 2019, o que muito agradeço.

Uma obra feita de muitas joias, algumas muito antigas, um testemunho escrito, para que o passado chegue au futuro

Este livro preserva a alma de um povo, de uma região: do Alto Alentejo, onde o autor guarda os tesouros da sua terra: A Aldeia da Mata

Para aguçar o apetite e espevitar a curiosidade, transcrevo alguns trechos dos muitos tesouros que o livro, De Altemira Fiz um Ramo, encerra.

 

Quadras de Amor e Desamor

   Enganos e Desenganos)

 

“  Todos me mandam cantar

 Mas ninguém me dá dinheiro

Pensam que a minha garganta

    É o fole de algum ferreiro.”

 

Quando eu era…

 

“Quando eu era pequenina

           Usava fitas e laços

        Agora que sou casada

 Uso os meus filhos nos braços.”

 

“Quando eu era solteirinha/pequenina

                   Usava sapato branco

                    Agora que sou casada

                 Nem sapato nem tamanco”.

 

 

Cantigas de Oito Pontos

“Amor p´ ra toda a vida”

 

Sepultei minha tristeza

      Na raiz do alecrim

Já não achas com certeza

Outro amor igual a mim.

      Na palma da tua mão

       Tá outra palma nascida

        Se me souberes amar

    Tens amor p´ ra toda a vida.”

 

 

 

Bem-haja, por preservar o nosso património

A nossa maior riqueza

São muitos séculos de arte e beleza

Num mundo globalizado, é ele que nos diferencia.                                                      

 

    

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:56

Rosas

por cheia, em 29.05.23

Rosas de Maio

 

Maio, mês das mais bonitas rosas

Rosas de maio as mais belas flores

Há rosas de todas as cores

Elegantes e delicadas flores cheirosas

Uma prenda para todos os amores

São bonitas para pôr às janelas

Quem passa, não passa sem olhar para elas

Fica encantado com o perfume delas

São rosas, são rosas, senhores

São de todas as flores, as mais belas

Maio cheiroso, maio de bonitas rosas

As rosas em maio são joias

Que se oferecem a todas as mulheres

Todas as mulheres são bonitas rosas

Que em maio ficam, ainda, mais bonitas

Enfeitadas com bonitas e perfumadas rosas

Todas as mulheres são encantadoras rosas.

 

José Silva Costa

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:43


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts recentes


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D