Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Balela

por cheia, em 30.10.23

Barbárie

 

Aperta a mão ao teu irmão

Não mates o teu irmão

Tu e ele têm coração

As guerras são horrores em contramão

Nenhuma terá razão

Só matam, não dão pão

As vitórias são uma ilusão

Não sejas carne para canhão

Dá a mão ao teu irmão

Quem vos manda para a guerra não entra nela

O heroísmo é uma balela

O mundo morre por causa dela

A bala vai e vem

Mata o homem, a mulher e a criança, também

Tanta destruição de tanta habitação

Tanto suor em vão

O trabalho e o sonho de uma vida

Tanta canseira, num segundo destruída

Por seres mais forte, não espezinhes o teu vizinho

Porque podes ficar sozinho

Sem teres quem te dê a mão

Numa dura e triste ocasião

A vida é mais importante que toda a raiva arrefecida

E que todo o ódio acumulado, extravasado, pelo tempo adiado

Nada justifica a brutalidade das invasões

Nem retaliações, para matar as populações.

 

José Silva Costa

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:55

Lua do Trovão

por cheia, em 04.07.23

Lua cheia

 

Primeira super lua cheia, deste ano

Maior que o normal

Lua do Trovão

Aproveitem e vibrem com este clarão

É preciso não desperdiçar esta ocasião

olhem para a lua cheia com toda a paixão

Namorar a lua tem muito de emoção

É como querer alcançar uma coisa, onde não chega a mão

Tem muito de sonhos e de ilusão

Quem é que não gosta de viver na lua

Tirar os pés do chão!

Quem não conseguir admirar esta

Tem outra super lua a 1 de agosto

A Lua do Esturjão.

 

José Silva Costa

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:39

Girassóis

por cheia, em 27.02.23

  Coração

 

Oh homens sem coração!

Parem com a destruição

Das casas que, agasalho, são

Parem com as guerras

Que matam mulheres, crianças, homens e a ilusão

Não queiram ser criminosos, sem salvação!

Não semeiem horrores, que só dão dores

Semeiem campos de trigo, que dão pão

Não matem os girassóis, que são bonitas flores

Oh homens com coração!

Deem as mãos.

 

José Silva Costa

      

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:55

Ilusão!

por cheia, em 03.08.21

Ilusão!

 

Neste verão, dá-me a mão

Vamos aproveitar esta ilusão

De que a pandemia já passou

Quando a liberdade ainda não chegou

Mas viver é isso mesmo, aproveitar o presente

Não se deixar abater por o que virá a acontecer

Enquanto a vida o quiser, vamos aproveitar o entardecer

Porque a vida é a mais bela fantasia, que nos aconteceu

Não se pode perder um segundo, quanto mais um dia!

Vamos para a folia, porque amanhã já será outro dia

E, este não se repetirá, porque se acontecesse, seria uma avaria

Para espanto, já bastam as alterações climáticas

Que a todos surpreendem, todos os dias

Até os que contra elas sempre argumentaram, já pararam

Não conseguem explicar os fenómenos, que nos estão amatar

São fogos, são chuvas, tudo está a desabar

Os degelos polares, os incêndios, as cheias, que levam tudo à frente

Nunca ninguém antes pensou que, parar para pensar, era tão urgente

Antes que a nossa arrogância acabe com toda a gente.

José Silva Costa

 

 

    

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:54

O ano

por cheia, em 26.12.18

2018

Estás quase a dizeres-nos adeus

Já estás muito cansado

Foram muitos dias

Sem férias, domingos ou feriados

Já vais com 360 dias sem parar

Vinte e quatro horas por dia

Quem é que tanto resistiria!

Não foste bom, nem mau

Foste mais um

Levaste-me amigos

Ao mundo, trouxeste muitos perigos

Podias ter sido melhor!

Ou fomos nós que não te soubemos aproveitar

Continuamos, como sempre, só, em nós, a pensar

Não te quero agastar

Mas não tenho motivos para te admirar

Descansa em paz

Já todos se preparam

Para receberem o teu substituto

Numa euforia sem sentido

Com muito desperdício

Sem pensarem que isso em nada os vai ajudar

Não é queimando milhões de euros em fogo-de-artifício

Que o mundo vai melhorar

Por que razão só aplaudimos a ilusão?

José Silva Costa

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:41


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D