Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Lua

por cheia, em 04.12.23

Lua

Em noite de Lua-cheia

Minha Lua namoradeira

Está ainda mais bela, aqui á minha beira

Estás linda com esse teu encanto, estás inteira

Os teus olhos castanhos de moira encantada são a minha cegueira

Sobre esses teus ombros de alabastro cai a tua linda cabeleira

Com toda essa magia, como gostava de te ver de perto, um dia

Sempre foste arisca, dizes que queres continuar solteira

Todos os dias te namoro, mesmo que o tempo não queira

O amor é assim, pode não ser correspondido, mas não desisto de nenhuma maneira

Pelo menos de noite és minha, todos os dias dormes á minha cabeceira

Deito-te a meu lado, agarro-me a ti e durmo a noite inteira

Só que de manhã, quando me queria despedir de ti, já lá não estás

A noite é que faz com que sejas a minha eterna companheira

Não há mais nada que tanto me prenda, senão essa tua secular atração 

Tu és sonho, fogo, volúpia, encantamento, firmamento, não vivo sem o teu encantamento

Os teus rubros lábios queria beijar, mas tu desapareces no exato momento em que te vou agarrar

Não paras de me encantar, minha bonita feiticeira

Prendes-me sem muros nem grades, apenas com olhares de brincadeira

Como se fosses uma jovem noiva passando as pedras da ribeira

Correndo de um lado para o outro envolta numa nuvem ligeira

Procuro apanhar-te mas tu esquivas-te e foges lampeira.

 

José Silva Costa

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:56

Lisboa!

por cheia, em 26.12.22

Lisboa!

 

Moura encantada

Saia rodada

Bebe o sol da madrugada

Na Madragoa

É esta a minha Lisboa

Feiticeira, namoradeira

Um manjerico num vão de escada

Uma sardinheira numa sacada

Dois dedos de conversa

Na porta de entrada

Uma varina apressada

No cais da Ribeira

Um pregão que se ouve na Lisboa inteira

Num banco de jardim, um magala e uma sopeira

Namoram a tarde inteira

Já foram à feira Popular

Estão a ver o tempo a passar

Aproxima-se a noite

Têm de se despedir

Ele tem de ir para o quartel

Ela tem de ir servir o jantar.

 

José Silva Costa

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:00

Mimada

por cheia, em 12.12.22

Lisboa

Feiticeira no Paço da Ribeira

Namoradeira e estrangeira

Varina de canasta à cabeça rua acima

Em cada colina uma floreira

O fado em todo o lado

Flausina de nariz arrebitado

Na procura do moço amado

Para marcharem no dia de Santo António

Beijada no vão da escada

Um beijo roubado, na despedida

O amor é um desassossego

Mesmo que queiramos não conseguimos escondê-lo 

Sobe ao Castelo, de fugidia

Ver a cidade dali é como a beijar

Uma das colinas parecia uma bailarina

Junho é o maior mês da folia

As ruas enchem-se de magia

Nos arraiais a sardinha é rainha

Lisboa, cidade tão velhinha

Sempre renovada e de cara lavada

Tem nas Amoreiras a sua mais nova e bonita entrada

Por todos quer ser beijada

Sejam nómadas digitais, seja quem for

Todos são bem recebidos

Vêm de todo o mundo

Dizem que é por causa do sol, da comida, das pessoas ……

Seja lá pelo que for

As ruas estão cheias de beijos e amor.

José Silva Costa

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:14


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts recentes


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D