Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Férias!

por cheia, em 11.08.22

Férias!

Sol sal areia água mar

Uma onda para refrescar

Dois dedos de conversa na esplanada

As férias a esgueirarem-se por entre os dedos

Passam a correr, sem se ver!

Um terço do mês desapareceu num ápice

Os castelos de areia a desfazerem-se nas mãos

A sexta dormida na barriga da tarde

O resto da tarde a comtemplar o mar

A noite a evaporar-se como se fosse álcool

Os planos a saírem furados

Mais de metade dos projetos ficaram por executar

A ida aos museus ficou para melhores dias

Foram muitas e boas as horas passadas com as tias

Por muito que tivesse esticado os dias não consegui melhorias

Os minutos as horas os dias os meses os anos já estão completamente esticados

Cada vez somos mais solicitados

É a televisão é o cinema o teatro a praia o campo o sol a lua o diabo o vento

Cada um rouba um bocado do nosso tempo, e aquele aquém não dermos atenção fica zangado

Este é o triste fado de quem tem um mês de férias e não fica o resto do ano desocupado

Há tanto que fazer por todo o lado!

Nem que seja passar umas boas horas a meditar deitado

Com o cansaço das correrias do progresso já nem dão um abraço

Não há tempo não há amor nem amizade nem espaço

Para muitas pessoas perder um segundo é um embaraço

Como se não tivessem todo o tempo para descansarem do cansaço

Quando finalmente se preparam para saborear o tempo, este já acabou ou é escaço

O nosso tempo é medido por um baraço

Que vai encolhendo até acabar

É por isso que não o devemos desperdiçar

Mestria é saber gastá-lo.

José Silva Costa

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:04

Tempo!

por cheia, em 14.07.22

Tempo!

Estas flores, que te dou, simbolizam o meu amor

Têm o perfume dos teus beijos

A alegria dos teus olhos

As suas pétalas são macias como os teus cabelos

Dos teus lábios saem bonitas palavras

Que produzem sinfonias emocionais

E nos transportam para constelações nunca vistas

Meu amor, tu és a mais bonita flor

Aquela que escolhi para estar sempre a meu lado

O caminho, que já percorremos, alado

Com cravos e rosas embalado

Vamos caminhando por este céu estrelado

Colhendo os doces frutos dos muitos anos vividos

É tão bonito ver as nossas flores a crescerem

Bonitas e perfumadas que dá tanto gosto ver

Outras sementes vão germinar e florescer

Todos os dias vão amanhecer

Florir, sorrir, caminhar, ver tudo a evoluir

Como se a caminhada nunca acabasse

A lua e sol querem abraçar-se

Para melhor iluminarem o mundo

Criar uma nova filosofia

Baseada na fraternidade e solidariedade

Para que todos vivam em harmonia

Seja qual for o credo, a cor, a idade

Nestes tempos que exigem verdade e igualdade

Em que entidades milenares têm sido questionadas

Os seus dirigentes têm pedido desculpa pelas barbaridades cometidas

Sofrimentos revelados com a força do momento e a ajuda do vento

É neste contesto, neste leste e oeste, que, felizmente, ainda, podemos ver a solidariedade

Sem darmos o devido valor ao facto de podermos viajar, neste nosso espaço, sem peias nem embaraço

Oxalá, possamos continuar, em paz, a viver, trabalhar, estudar, nesta nossa Europa, num livre abraço.

José Silva Costa

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:54


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts recentes


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D