Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Horrores

por cheia, em 20.02.23

Horrores

 

Há quem conviva bem com os horrores

Continuam a defender os invasores

Os comunistas e alguns doutores

São contra a ajuda militar a quem se defende

Não são capazes de condenar quem invade

Falam muito de paz e amizade

Mas apoiam os regimes que gastam tudo em armamento

E os povos vivem em grande sofrimento

Dizem-se grandes democratas, mas apoiam os ditadores

Se pudessem fechavam as fronteiras, para manterem a soberania nacional

Como se o mundo, hoje, não estivesse todo interligado

E ainda há quem vá na conversa deles!

Por que razão não põem os olhos em Cuba e na Coreia do Norte?

Que são os seus grandes inspiradores

Se todos conseguissem cooperar, grandes e pequenos

Se não fosse preciso fabricar armamento

Se não fosse preciso fugir da fome, das guerras, do ditador violento

Se não fosse preciso ganhar eleições

Não teríamos democracias

O mal é estar no olho do furacão

Como aconteceu ao povo Ucraniano

Por terem um vizinho louco, vaidoso, capaz das maiores atrocidades

Até quando durará esta guerra?

Ninguém sabe, mas os Ucranianos podem vir a ser obrigados a aceitarem um cessar-fogo ruinoso, se um presidente, das grandes nações, que os apoia, precisar desse trunfo, para tentar as eleições ganhar.

José Silva Costa   

 

 

 

 

  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:56

Férias!

por cheia, em 11.08.22

Férias!

Sol sal areia água mar

Uma onda para refrescar

Dois dedos de conversa na esplanada

As férias a esgueirarem-se por entre os dedos

Passam a correr, sem se ver!

Um terço do mês desapareceu num ápice

Os castelos de areia a desfazerem-se nas mãos

A sexta dormida na barriga da tarde

O resto da tarde a comtemplar o mar

A noite a evaporar-se como se fosse álcool

Os planos a saírem furados

Mais de metade dos projetos ficaram por executar

A ida aos museus ficou para melhores dias

Foram muitas e boas as horas passadas com as tias

Por muito que tivesse esticado os dias não consegui melhorias

Os minutos as horas os dias os meses os anos já estão completamente esticados

Cada vez somos mais solicitados

É a televisão é o cinema o teatro a praia o campo o sol a lua o diabo o vento

Cada um rouba um bocado do nosso tempo, e aquele aquém não dermos atenção fica zangado

Este é o triste fado de quem tem um mês de férias e não fica o resto do ano desocupado

Há tanto que fazer por todo o lado!

Nem que seja passar umas boas horas a meditar deitado

Com o cansaço das correrias do progresso já nem dão um abraço

Não há tempo não há amor nem amizade nem espaço

Para muitas pessoas perder um segundo é um embaraço

Como se não tivessem todo o tempo para descansarem do cansaço

Quando finalmente se preparam para saborear o tempo, este já acabou ou é escaço

O nosso tempo é medido por um baraço

Que vai encolhendo até acabar

É por isso que não o devemos desperdiçar

Mestria é saber gastá-lo.

José Silva Costa

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:04

Se for preciso!

por cheia, em 06.01.18

Conversa de políticos

 

 

Se for preciso contratamos mais enfermeiros, em Março!

Se for preciso abrimos mais Centros de Saúde, estamos em contato com Sr. ministro das Finanças

Se for preciso arranjamos mais camas hospitalares

Se for preciso contratamos mais professores

Se for preciso contratamos médicos de família para todos os portugueses

Se for preciso desmarcamos, ainda mais, cirurgias programadas, para dar lugar aos engripados

Se for preciso aqueceremos as salas de aula, lá para o verão

Se for preciso arranjaremos trabalho para todos os portugueses

Se for preciso acabaremos com todos os sem abrigo

Se for preciso acabaremos com o caus nas urgências

Se for preciso voltaremos a dar vida ao interior

Se for preciso aumentaremos para mais cinquenta vezes as Juntas de Freguesia

Se for preciso aumentaremos para mais cem vezes as Câmaras Municipais

Se for preciso faremos qualquer coisa

Até lá está tudo bem como está!

 

José Silva Costa

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:25


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D