Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

socieadeperfeita


Quarta-feira, 02.05.18

O dinheiro é que manda!

Quem o desviou?

 

Quem são os devedores, que fazem com que tenhamos de socorrer os Bancos?

A braços com as imparidades, palavra para esconder os prejuízos ou o crédito mal parado

Têm de recorrer ao Estado, para que os depositantes tenham o seu dinheiro, assegurado

Todos nos indignamos com os milhões, que o Estado dá à Banca, para repor o que foi roubado

Ninguém, até hoje, nos quis dizer, ou fazer saber, quem foi à Banca beber, sem cuidado

Para melhor levantarem quanto queriam, pelo Governo, o administrador da CGD, foi nomeado

Tudo bem urdido, com a intenção de ajudar um comendador a comprar um Banco privado

Sem dinheiro, mas muito bem amparado, à Caixa Geral de Depósitos, o pediu emprestado

Nesta República tudo é permitido, a alguns, a outros nada é permitido, nada é autorizado

Quem deve o dinheiro, quem lho entregou, os milhões, que o Estado, na CGD, tem enterrado ?

É segredo Bancário, todos se escondem atrás desse véu, para o povo não saber, por quem foi enganado

Agora, alguém apareceu, que quer saber o que aconteceu, por quem o dinheiro foi levado

E, mais, está disposto a ajudar a alterar a lei, para que se acabem as desculpas, para o não revelado!

Por que razão, em todo este tempo, quem podia, no Parlamento, alterar a lei, esteve calado?

Os contribuintes têm de estar sempre prontos, para ajudarem a tapar o queijo esburacado

O povo merecia ser melhor representado. E, que com o seu dinheiro tivessem mais cuidado

Não se governem! Governem bem o dinheiro arrecadado, algum mal cheiroso, e outro muito

suado!

 

José Silva Costa

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cheia às 18:47

Quinta-feira, 15.03.18

Maquilhagem

Maquilhagem

 

 

Aquele ótimo negócio, que o Primeiro-Ministro disse que tinha pena que a ideia não tivesse sido dele, continua a dar que falar

Consistia em enterrar, no Montepio Geral, duzentos milhões de euros da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa

Como a opinião pública e a oposição se levantaram contra, por o dinheiro se destinar a ajudar os mais pobres, não deveria ser utilizado para tapar buracos numa associação

Agora, veem dizer que a Santa Casa vai participar com uma quantia simbólica. Quanto?

Como os Bancos não podem falir, à que maquilhar as contas!

Assim, a Associação Mutualista Montepio Geral, em vez de um prejuízo de duzentos e vinte e um milhões, deu um lucro de quinhentos e oitenta e sete milhões e meio!

Beneficiou de um crédito fiscal de oitocentos e oito milhões e seiscentos mil euros

Segundo Sr. Ministro das Finanças está tudo de acordo com a lei!

Uma lei do anterior Governo, que este não revogou, porque dá muito jeito para tapar buracos

Como é que um bom negócio, ficou sem investidores?

Depois de, um dia, o Presidente da República e o Governador do Banco de Portugal terem dito, que investir no BES era seguro. E, no dia seguinte o Banco faliu, já ninguém acredita em ótimos negócios, quando se trata de Bancos falidos!

 

José Silva Costa

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cheia às 19:10


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2018

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30

Posts mais comentados