Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Quingentésimo ano (110)

por cheia, em 19.04.24

Dos ceos á terra desce a mor Belleza,
Une-se á nossa carne, e a faz nobre;
E, sendo a humanidade d'antes pobre,
Hoje subida fica á mor riqueza.

Busca o Senhor mais rico a mor pobreza;
Que, como ao mundo o seu amor descobre,
De palhas vis o corpo tenro cobre,
E por ellas o mesmo ceo despreza.

Como? Deos em pobreza á terra dece?
O qu'he mais pobre tanto lhe contenta,
Qu'este somente rico lhe parece.

Pobreza este Presepio representa;
Mas tanto por ser pobre ja merece,
Que quanto mais o he, mais lhe contenta.

Luís de Camões

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:53


20 comentários

Imagem de perfil

De Ana D. a 19.04.2024 às 08:45

Feliz dia José!
Imagem de perfil

De cheia a 19.04.2024 às 14:55

Muito obrigado, Ana!

Bom fim-de-semana.
Imagem de perfil

De Maria João Brito de Sousa a 19.04.2024 às 11:12

Bom dia, Cheia!

Hoje rumei a "mares nunca dantes navegados", mas ainda voltarei a Camões se me conseguir entender no labirinto dos meus ficheiros...

Boa sexta-feira e um abraço
Imagem de perfil

De cheia a 19.04.2024 às 14:47

Espero que consiga sair do labirinto.

Bom fim-de-semana, Maria João!
Imagem de perfil

De Maria João Brito de Sousa a 19.04.2024 às 14:58

Hei-de conseguir, a menos que me apareça por lá algum Minotauro difícil de domar... No entanto, costumo ter muito jeito para domar feras :)

Bom fim-de-semana e outro abraço
Imagem de perfil

De Folhasdeluar a 19.04.2024 às 11:40

Ser rico é contentar-se com o que tem...:)))abraço
Imagem de perfil

De cheia a 19.04.2024 às 21:39

Mesmo que não tenha nada.

Um abraço
Imagem de perfil

De Sofia a 19.04.2024 às 15:55

Na riqueza e na pobreza, mas se é presépio é filho de Deus que na terra vive modestamente, ou entendi mal?...resto de dia feliz José e bom fim de semana.
Imagem de perfil

De cheia a 19.04.2024 às 17:49

Também entendi isso. Se bem que seja muito difícil a interpretação.
Bom fim-de-semana, Sofia!
Imagem de perfil

De Sofia a 19.04.2024 às 18:12

Obrigado Caro José, agora foi eleito "professor" desta sua "aluna" e leitora.
Noite feliz.
Imagem de perfil

De cheia a 19.04.2024 às 19:23

O problema é que sei muito menos que a Sofia. Quando os sonetos têm notas do autor - Joaquim Ferreira - Sonetos de Camões - Editorial Domingos Barreira - Porto, posso transcrever essas notas. Mas este não consta nesse livro, que tem 196 sonetos. Como tencionou fazer 366 publicações, tenho de me socorrer, também, da Internet.
Assim, não se fie neste professor, que de professor não tem nada.

Noite tranquila, Cara Sofia.
Imagem de perfil

De Sofia a 19.04.2024 às 19:36

Confio sim Caro José, e ensina sim, até na cordialidade e no trato que tem para com os outros bloggers, não o conheço pessoalmente mas sinto que é muito sábio e polido. Grata.
Imagem de perfil

De cheia a 19.04.2024 às 19:45

A sua bondade é que vê o que não sou.

Muito obrigado.

Imagem de perfil

De Sofia a 19.04.2024 às 20:17

Caro José todos temos partes iguais de bondade e de maldade, mas escolhemos como agir.
Ver o melhor nos outros também é ver o melhor de nós.
E eu já fui míope, literalmente, mas com os avanços da medicina hoje em dia vejo bem.
Imagem de perfil

De cheia a 19.04.2024 às 21:34

Os avanços da medicina têm sido tão importantes. Sem óculos, eu já não podia ler, escrever, ver . Assim, como diz o oftalmologista, vejo como se fosse um jovem, que maravilha!
Imagem de perfil

De Sofia a 19.04.2024 às 21:38

Ainda bem, eu também agradeço tanto por ver bem hoje em dia.
Imagem de perfil

De Di a 19.04.2024 às 17:01

Muito obrigada pela partilha
Imagem de perfil

De cheia a 19.04.2024 às 17:30

Eu é que agradeço a visita.

Beijinhos.
Imagem de perfil

De MJP a 21.04.2024 às 20:41

Grata pela partilha, José! :))
Boa noite e Boa semana!
Imagem de perfil

De cheia a 21.04.2024 às 20:59

Muito obrigado!

Boa noite, Zé!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D