Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Mais de 260 mil!

por cheia, em 05.04.23

125€

 

Mais de 260 mil!

 

Mais de 260 mil ainda não receberam a fortuna dos 125€,  que poderiam ter mudado as suas vidas

O Sr. Medina, que não conhece o país que governa, acha que todos têm chorudas contas bancárias

Desde o anúncio da grande prenda de Natal de 2022, que o arrogante Senhor disse que tinham de ter um IBAN

Coadjuvado pelo seu Secretário de Estado das Finanças, que garantiu todos os meses correr o programa, para ver se as pessoas já tinham decidido revelar o seu IBAN às Finanças, o que lhe valeu a promoção para braço direito do primeiro-ministro, em substituição do que teve de pedir a demissão, por ter dado 200 mil euros a um amigo, para construir um barracão, que ainda aguarda o lançamento da primeira pedra

Depois de todos estes meses, ainda há mais de 260 mil que continuam a guardar os milhões nos colchões, não querendo cumprir as ordens dos mandantes

Só pode ser por não quererem nada com os Bancos, que cobram muitos euros pela manutenção das contas, uma vez que os bons salários, que todos os portugueses recebem, dão bem para ter várias contas bancários e cartões de crédito!

O que me preocupa é os Senhores Jornalistas, que assistiram ao anúncio desta medida, não terem questionada o Ministro, como receberiam os que não tivessem com ta bancária

Será que, também, eles acham que todos os trabalhadores têm conta bancária!

Agora, segundo as notícias, os Governantes vão dar uma nova oportunidade, para que indiquem um IBAN, seja de quem for

Continuo a perguntar, e quem não conseguir alugar, comprar, roubar um IBAN, quando e como receberá a tão aguardada fortuna?

 

José Silva Costa     

  

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:33


28 comentários

Imagem de perfil

De Cotovia@mafalda.carmona a 05.04.2023 às 11:28

Bom dia José.
Concordo com as pertinentes questões que coloca, de facto que legitimidade tem o estado (em consonância com os interesses das instituições bancárias, umas do estado, outras privadas, mas a raiz é a mesma e nada tem a ver com um papel social de apoio aos cidadãos), para os obrigar a ter uma conta bancária?
Mas sim, obriga.
Inclusive, e numa área paralela e desculpe estar a desviar um pouco o foco dos 125€, mas na maravilhosa fatura da sorte, que puseram em prática para incentivar o cidadão a declarar e pedir faturas, os títulos de certificados de aforro também só podem ser levantados através de conta bancária, e nem sequer é na data em que o cidadão eventualmente o receba, tem um período de "fidelização" onde aqui a tudo o mais se adiciona uma "contratação" compulsiva de uma relação com instituições várias do estado e bancos.
Portanto obriga, suponho que na intenção de eliminar a curto prazo a existência do dinheiro papel.
Para obrigar mais.
Sempre que ouço falar em obrigações, pergunto onde estão os direitos?
Neste caso, onde estão os direitos de quem não quer ou não pode ter uma conta no banco?
Obrigada pela partilha, José.
Beijinhos.🐦
Imagem de perfil

De cheia a 05.04.2023 às 13:50

São as leis do "quero, posso, mando", indo contra os direitos dos cidadãos, querendo impor um procedimento, que ainda não é obrigatório.

Boa tarde, Mafalda.
Beijinhos

Imagem de perfil

De Cotovia@mafalda.carmona a 05.04.2023 às 14:20

Verdade José.
Boa tarde.
Beijinhos 🐦
Imagem de perfil

De cheia a 05.04.2023 às 15:11

Também lhe desejo uma boa tarde, Mafalda.

Beijinhos
Imagem de perfil

De Luísa de Sousa a 05.04.2023 às 13:17

Pois, José, "tocaste na ferida"!


Beijinhos
Feliz Dia
Imagem de perfil

De cheia a 05.04.2023 às 13:38

Os mais desfavorecidos, são os mais esquecidos.

Boa tarde, Luísa!
Beijinhos
Imagem de perfil

De Francisco Carita Mata a 05.04.2023 às 13:54

Acutilante. Bem verdadeiro. Grato pelo seu testemunho.
Imagem de perfil

De cheia a 05.04.2023 às 14:15

É triste, ver os mais desfavorecidos serem espezinhados, pelos Governantes.

Boa tarde com saúde e alegria.
Imagem de perfil

De jabeiteslp a 05.04.2023 às 15:57

Mais parece o Governo das bananas podres José
Enfim
bela tarde com alegria pra vocês
e parabéns ao exposto.
Imagem de perfil

De cheia a 05.04.2023 às 18:58

É revoltante ver os mais desfavorecidos a serem desrespeitados pelos Governantes.

Boa noite para vocês com saúde e alegria, João.
Imagem de perfil

De Di a 05.04.2023 às 18:40

Este teu post, levanta muitas questões, muito acertadas.
Imagem de perfil

De cheia a 05.04.2023 às 18:49

As minorias, os mais desfavorecidos são os mais penalizados pelos Governantes.

Feliz resto de dia, Di!
Beijinhos
Imagem de perfil

De MJP a 05.04.2023 às 20:05

Uma triste realidade, José...
Resto de dia Feliz!
Imagem de perfil

De cheia a 05.04.2023 às 20:33

São sempre os mais pobres e desfavorecidos a sofrerem as consequências da
discriminação e prepotência dos Governantes.


Feliz noite, Zé!
Imagem de perfil

De Vagueando a 06.04.2023 às 15:28

O grande problema é como se controla estes pagamentos sem conta bancária. Um Estado não tem leis nem procedimentos para cada caso. Sobre estes 125 euros, conheço casos em que o patrão recebeu e alguns empregados não. Isto porque o patrão declara às Finanças o seu ordenado mínimo e o empregado ao receber um salário superior não foiteve direito aquele montante. Como controlar casos como estes?
Imagem de perfil

De cheia a 06.04.2023 às 16:19

Acho que o patrão recebeu porque tem IBAN. Quem não tem IBAN e recebe pelas finanças, ainda não recebeu.
Tudo seria bem controlado, caso já estivéssemos num patamar em que se pudesse abolir o dinheiro em papel, até lá há a possibilidade de haver corrupção.

Agora, segundo dizem os jornais vai ser possível indicar um IBAN, que não seja do beneficiário.
E, eu continuo a perguntar, e quem não conseguir arranjar um IBAN, vai comprá-lo ou alugá-lo na feira da ladra?
Imagem de perfil

De Vagueando a 06.04.2023 às 18:26

O patrão recebeu porque oficialmente recebe menos que o seu empregado. Quem não tiver IBAN alguma solução terá que se arranjar, sinceramente não sei qual. Contudo, quem não tem IBAN, acredito que algusn não o queiram indicar.
Quanto a acabar com o dinheiro físico a coisa pia mais fino e demasiado perigoso, porque aí é que ficamos mesmo na mão do sistema financeiro que a avaliar pelos os últimos desenvolvimentos, não me oferece confiança.
Imagem de perfil

De cheia a 06.04.2023 às 18:36

Acho que ainda há muitos trabalhadores que não têm conta bancária. Quanto aos que não a querem indicar, não sei se o Governo os poderá obrigar a revelá-la, de qualquer maneira, como diz : " alguma solução terá que se arranjar "
Imagem de perfil

De Maria João Brito de Sousa a 30.05.2023 às 12:18

Bom dia, Cheia!

Com a ajuda de um amigo que fez o favor de me transportar até uma instituição bancária, consegui abrir uma conta mesmo em cima da "deadline", mas acredito que muitos portugueses, sobretudo os mais idosos reformados, não o conseguiram. A importância, no entanto, é de 30 euros, recebidos trimestralmente: 90 euros a cada três meses, portanto.

Quem está dependente de uma entidade que forneça cuidados domiciliários, como almoços e banhos, mal os vê porque essas entidades de auxílio aos idosos aumentaram as mensalidades. A que me serve, já aumentou a mensalidade duas vezes neste ano, num total de 16 euros mensais. Como quase todos os medicamentos não comparticipados também aumentaram muito tal como quase todos os artigos de higiene e limpeza, estes 30 euros mensais são uma gotinha no oceano da inflação...

Abraço!
Imagem de perfil

De cheia a 30.05.2023 às 14:24

Boa tarde, Maria!

Obrigado pela tua partilha. Ainda bem que conseguiste que te paguem essas migalhas , com que querem calar os mais desprotegidos.

A pessoa que conheço, que não conseguiu ou não quiz abrir uma conta, não recebeu os 125 nem os 50 € do filho, a que tinha direito, porque só pagam a quem tenha IBAN.

Nada podemos fazer contra esta prepotência.

Um abraço



Imagem de perfil

De Maria João Brito de Sousa a 30.05.2023 às 14:54

Longe de mim querer pôr a carroça à frente dos bois, mas é bem possível que os vales postais tenham os dias contados e que todos sejamos obrigados a ter conta bancária sob pena de não recebermos as pensões... mas a quantia total é de 90 euros em prestações trimestrais, não é de 125 euros.
Este é que não sei que é feito dele "23.01.2023

"O valor de referência mensal do Complemento Solidário para Idosos (CSI) aumentou 50 euros, para 488,21 euros. O valor atualizado será pago em abril, com efeitos retroativos a janeiro e calculado com base nos rendimentos atuais dos pensionistas.

O CSI é um complemento pago a pensionistas com baixos recursos, num valor que corresponde à diferença entre os rendimentos dos pensionistas e o novo valor de referência (488,21€)." retirado do eportugal.gov.pt

Suponho que valor de referência seja aquilo que os pensionistas com a reforma mínima de velhice passariam a receber.
Imagem de perfil

De cheia a 30.05.2023 às 15:24

Os 125 + 50 € por cada filho foi uma ajuda extraordinária, paga de uma só vez, criada em Novembro do ano passado, pago a todos os que estavam no ativo, com um teto, para quem ganhasse até 2.800€.
Todos receberam, menos os que não tinham IBAN.

Devem querer que todos tenham conta bancária, para evitar fraudes, porque eles sabem bem como se fazem.
Imagem de perfil

De Maria João Brito de Sousa a 30.05.2023 às 15:29

Não, José, estes 150 são um aumento do complemento solidário do idoso... ah, agora percebi que as quantias que referiu são ou foram atribuídas aos que estão no activo, não aos reformados. desculpe.

Um abraço!
Imagem de perfil

De Maria J. Lourinho a 06.04.2023 às 16:15

Caro José, hoje venho aqui estragar a unanimidade. Em Portugal toda a gente tem direito a uma Conta de Serviços Mínimos Bancários e, a não ser que se seja indigente ou sem-abrigo, acho difícil viver sem ela.
"Qual o custo de uma conta de serviços mínimos bancários?
As instituições de crédito não podem cobrar pela prestação dos serviços mínimos bancários comissões, despesas ou outros encargos que, anualmente e no seu conjunto, representem um valor superior a 1% do valor do indexante dos apoios sociais (IAS). Em 2023, o custo anual dos serviços mínimos bancários não pode exceder 4,80 euros (correspondente a 1% do IAS)."
Tirado daqui
https://www.bportugal.pt/page/o-que-sao-os-servicos-minimos-bancarios-smb
Boa Páscoa
Imagem de perfil

De cheia a 06.04.2023 às 16:27

Não estraga a unanimidade, da discussão nasce a luz.

Conheço uma pessoa, que vive sem conta bancária, porque, segundo ela, mesmo já estando divorciada, como o ex-marido tem dívidas, diz que abriu um conta e lhe tiram o dinheiro todo.

Boa tarde e Boa Páscoa
Imagem de perfil

De Maria João Brito de Sousa a 08.04.2023 às 17:27

Concordo em absoluto e a resposta à pergunta com que finaliza este artigo, é simples, embora dolorosa: os cidadãos que não conseguirem roubar ou por artes mágicas engendrar um IBAN, não receberão o apoio.

Eu conto-me entre esses que ficarão a ver passar o coelhinho carregado de ovinhos de Páscoa com códigos de barras...

Obrigada pela partilha e pela informação que desconhecia: se qualquer IBAN pode servir, talvez ainda consiga que o amigo que me faz as compras e me empurra a cadeira de rodas, me disponibilize a sua conta bancária na próxima segunda-feira...

Talvez haja ainda uma luzinha ao fundo do túnel :)

Obrigada, mais uma vez!
Imagem de perfil

De cheia a 08.04.2023 às 21:00

Ouvi uma notícia de que iam publicar uma lei para se puder indicar um terceiro IBAN. Mas acho que ainda não foi publicada.
Quem não recebeu não se deve calar, ninguém pode aceitar discriminações.

Muito obrigado pela visita.

Imagem de perfil

De Maria João Brito de Sousa a 08.04.2023 às 21:12

Não me calarei, Cheia!

Obrigada pela informação e um abraço

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D