Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

socieadeperfeita



Segunda-feira, 30.07.18

Luar ao Sul

Luar ao Sul

                        

Ceifeiras: papoilas ao vento a esvoaçar

Trigueiras, a perfumarem a planície

Cantam, para espantarem as dores

De corpo e faces tapadas, para enfrentarem o calor

Sob um sol escaldante, de foices em riste

Para desafiarem o vento levante

Quantas canseiras, para ver o pão nas eiras!

Mulheres determinadas, que cortam o sol com o regaço

Que sabem todo o circuito do pão:

Alqueivar, gradar, semear, mondar, ceifar, debulhar, limpar, moer, peneirar, amassar, tender,

O forno aquecer, para o pão cozer

Se soubessem, as voltas que a mão dá, até fazer do grão de trigo pão!

Não o estragariam, dando-lhe muita mais atenção

Há multidões de esfomeados, que nunca, o pão, verão

Acabada a ceifa, chega a adiafa, para suavizar o cansaço

Um dos trabalhos mais duros, que mulheres e homens

Enfrentaram, nos campos do Alentejo

Sob um sol ardente, de cortar a respiração!

 

 

José Silva Costa

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cheia às 21:34


10 comentários

De HD a 30.07.2018 às 22:36

Por vezes desconhecemos todo o trabalho que foi preciso para nos colocar o pão na mesa...

De cheia a 30.07.2018 às 22:46

Deve haver muito quem desconheça o muito trabalho, que dá, colocar o pão na mesa.

De jabeiteslp a 31.07.2018 às 21:47

O Sol a Sol de Então
toda a solidão
esquecida e mal agradecida
porque não
roubada ?

Excelência de texto a quem o viveu.

Bom resto de Semana ao Sul
que o Verão apareceu
vestido de Azul

De cheia a 01.08.2018 às 23:09

De sol a sol até o corpo ficar mole, queimado pelo calor, que, hoje, todos querem, mas à beira mar!
Cuidado com o calor, nas férias, que se querem de amor.

De mami a 02.08.2018 às 06:58

e o sol ardente parece que por estes dias se tornará uma grande bola de fogo

De cheia a 02.08.2018 às 23:06

Chegou o tão desejado calor! Oxalá não traga morte e dor.

De mami a 05.08.2018 às 21:16

podia ser mais meiguinho!

De cheia a 06.08.2018 às 06:08

Podia! Mas, infelizmente, o muito calor, ultimamente, tem trazido, sempre, pelo menos, dor.

De Beia Folques a 02.08.2018 às 07:56

Um retrato do Alentejo desaparecido.

De cheia a 02.08.2018 às 23:09

Tudo vai desaparecendo. O Alentejo já não é o celeiro de Portugal.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Julho 2018

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031