Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Há 50 anos

por cheia, em 14.07.19

Há 50 anos

 

A Lua não nasceu

A manhã não amanheceu

O Sol desapareceu

O país não dormiu

Desaguou no Cais da Rocha do Conde de Óbidos

O monstro estava atracado

Preso com grossas correntes

Com receio que fosse ao fundo

Com a ira daquela gente

Toda vestida de preto

Exceto os que iam embarcar

Os jovens não se queriam apartar

As mães apertavam os filhos, ao peito

Como se quisessem, de novo, esconde-los, no ventre!

Vinte anos a criá-los, para os perderem, para sempre

O monstro rugiu

O cais estremeceu

O Tejo encolheu

O Atlântico embraveceu

As mulheres olharam, para o céu

Desfaziam-se em lágrimas e gritos

Os seus filhos, maridos, irmãos, cunhados, sobrinhos, afilhados; afastaram-se

Os militares ocuparam os seus lugares

Para começarem a entrar, naquele que, para a morte, os ia levar

Não foram suficientes para o abarrotar

No dia seguinte aportou ao Funchal, na Ilha da Madeira

Também o Arquipélago da Madeira ficava sem a sua maior preciosidade

Os seus filhos!

Dali em diante, O Vera Cruz, estava em competição com a Apollo 11

Para ver quem chegava primeiro

Se ela à Lua, se ele a Luanda

Ela ganhou, por um dia.

José Silva Costa

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:45


16 comentários

Imagem de perfil

De MJP a 14.07.2019 às 18:10

Um belíssimo texto, José! :)
Bom domingo!
Imagem de perfil

De cheia a 14.07.2019 às 18:24

Muito obrigado.
Bom resto de domingo!
Imagem de perfil

De Maria a 14.07.2019 às 18:49

Lembro-me de assistir a alguns embarques, não deste especificamente, morava perto do cais de Alcântara. Lembro.me de ir com os meus pais despedirmo-nos de um primo. 3 semanas depois de chegar à Guiné uma mina matou-o. Tinha 22 anos.
Bela homenagem aos que foram e não voltaram.
Imagem de perfil

De cheia a 14.07.2019 às 19:47

Foram momentos de muito desespero
De uma guerra, que foi um erro!
Como são todas as guerras
Que não esqueço.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 15.07.2019 às 11:36

A guerra foi um erro e o modo como os combatentes foram tratados foi outro :-)
Imagem de perfil

De cheia a 15.07.2019 às 19:45

A guerra era evitável, tanto mais que todas as potências coloniais, já tinham perdido as suas colónias.
Quanto aos combatentes, basta ver o que está a acontecer ao soldado que perdeu as pernas, numa missão da ONU, que está sujeito a ser abandonado à sua sorte.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 15.07.2019 às 21:30

Hoje falo sobre isso... Sobre esse herói...

Imagem de perfil

De cheia a 15.07.2019 às 23:03

Já o li. Muitos parabéns, pelo contributo, que deu, para que todos sejamos olhados como pessoas, em todas as circunstâncias, e não, apenas, quando os políticos acham que servem os seus interesses.
Imagem de perfil

De Luísa de Sousa a 14.07.2019 às 20:04

Oh José, que lindo tributo aos "nossos" que se foram, alguns para não mais voltar!
Este poema emocionou-me, porque em pequena via partir os "nossos" rapazes!!!
Gostei muito!
Uma Feliz Semana!
Imagem de perfil

De cheia a 14.07.2019 às 20:39

Não consegui conter as lágrimas, ao escrevê-lo. As guerras causam horrores, que nos levam ao desespero.

Boa noite
Imagem de perfil

De jabeiteslp a 15.07.2019 às 09:01

O que o tempo surpreende
que recordar assim
só quem viu e entende
o brilho certeiro de escrever sem fim.

Parabéns José e boa Semana
Imagem de perfil

De cheia a 15.07.2019 às 20:13

Muito obrigado pelas suas sábias palavras.
Todos devemos saber e estar alertados, para o horror que são as guerras, todas as guerras!

Boa semana
Imagem de perfil

De HD a 16.07.2019 às 22:01

Uma competição muito injusta... :-\
Imagem de perfil

De cheia a 17.07.2019 às 21:51

Foi uma coincidência. O Vera Cruz saiu primeiro e chegou depois, ia muito carregado!
Imagem de perfil

De C.C. a 17.07.2019 às 08:57

Vidas inúmeras que se perderam...
Sentida homenagem!
Grande abraço.
Imagem de perfil

De cheia a 17.07.2019 às 21:33

Foi um horror! Mortos, estropiados e os que ficaram, para sempre, perturbados.

Um abraço

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D