Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Bolsos

por cheia, em 31.01.19

Dividendos

As empresas portuguesas, cotadas na bolsa, são muito generosas para com os seus acionistas, pagando dividendos, muito acima da média europeia.

Melhor que as empresas portuguesas, só mesmo as suas congéneres russas!

Mas, nada que chegue aos CTT, cuja administração aprovou a distribuição de dividendos no montante do dobro dos lucros!

Não sei onde foram buscar o dinheiro, mas isso também não interessa

CGD e CTT

Hoje, já todos dizem que houve má gestão na CGD, o que fez com que as notas tivessem voado dos cofres, para alguns bolsos

Quanto aos CTT, as notas terão tido outra origem, o riquíssimo património de uma empresa de cinco séculos que, ao longo de tantos anos, foi acumulando um património imobiliário de valor incalculável, distribuído pelos locais mais emblemáticos das nossas cidades e vilas

Não sei se, aquando da venda dos CTT, os palácios, palacetes e outros edifícios foram devidamente avaliados, o que tem acontecido é que os seus acionistas têm recebido bons dividendos, enquanto o serviço se degrada

Há quem queira reverter a privatização dos CTT, mas receio que revertam os prejuízos, porque nessa altura já não haverá mais nada para reverter, para mais uma vez os contribuintes pagarem, como aconteceu com a Caixa Geral de Depósitos

Enfim, é tudo uma questão de má ou boa gestão!

José Silva Costa

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:50

O étimo Macedónia

por cheia, em 26.01.19

Dar as mãos

Atenas e Skopje acabaram com a disputa, de vinte e sete anos, sobre o étimo Macedónia

O acordo de Prespa foi uma grande vitória dos primeiros-ministros dos dois países

Na Grécia houve manifestações contra o acordo, mas o Parlamento Grego aprovou-o

Quando os países dão as mãos, em vez de se guerrearem, é de aplaudir

Infelizmente, ainda há alguns Governantes, que conseguem iludir os seus concidadãos, com promessas utópicas, fazendo com que votem a saída de uma comunidade, que trouxe benefícios, para todos, como aconteceu no Reino Unido

Os egoísmos, nacionalismos, saudosismos, de tempos que não voltam mais, propagados por extremismos, tanto de direita como de esquerda, estão a por em causa a coesão de uma Europa, que se queria unida e forte, para fazer frente à globalização e outros perigos que ameaçam o Continente

Se quase duas dezenas de países abdicaram das suas moedas, para a implementação de uma moeda única, e antes tinham aberto as fronteiras, para pudermos circular sem barreiras, nem fronteiras, será utopia, pedir uma Federação de Nações da Europa!

Formosa e bela Europa, como seria uma exemplar lição, ver todos os teus povos, unidos, na sua diversidade, dando as mãos!

José Silva Costa

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:56

Novas empresas

por cheia, em 21.01.19

Novas tecnologias

Para quem dizia, que as novas tecnologias iriam beneficiar os trabalhadores

O tempo mostrou o contrário

Só os acionistas beneficiaram

Os trabalhadores, ficaram, aos empregos, mais amarrados

Levando, para casa, o trabalho

Ficando, assim, vinte e quatro horas de serviço, por dia

Mesmo dentro das empresas, nasceram novas prisões

Por tudo e por nada, muitas reuniões

Objetivos, que são ilusões

Em conjunto: ginásio, sauna, refeições

Muitas palavrinhas, cor-de-rosa, de incentivações

E, a família a sofrer as privações

De quem está sempre de serviço, não lhe podendo dar atenções

A inteligência artificial não para de aumentar

Querendo chegar ao ponto de nos suplantar

E, eu gosto de a ver a avançar

Pena é, que não seja para, a natural, beneficiar

Acabou-se o tempo e a tranquilidade

Em que o mesmo emprego era para toda a vida

Hoje, está tudo sempre a mudar

Temos de estar preparados para, as mudanças, acompanhar

O que nos provoca um grande stresse

Porque nunca sabemos o que no dia seguinte vai acontecer

A indústria automóvel está numa grande encruzilhada

Ninguém sabe o que fazer, o que se vai vender

Os motores a gasóleo estão a morrer

O que é que vai sobreviver: os motores a gasolina ou os elétricos!

Quando não precisarmos de conduzi-los, vamos continuar a compra-los ou a aluga-los!

Milhares de postos de trabalho já estão em risco

E, por isso, preocupado, fico.

José Silva Costa

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:42

Touradas e futebol

por cheia, em 15.01.19

Touradas e Futebol

Nas touradas, os bois são encaminhados, para os curros, pelos campinos

No futebol, os adeptos são escoltados, pelas forças de segurança, porque não sabem o caminho, para os estádios

Os profissionais do terror continuam a acoitar-se nas bandeiras do futebol

Como aconteceu, no jogo entre o Santa-Clara e o Benfica

Onde, cerca de meia-centena de adeptos do Benfica semearam o terror

Deve ser para tentar suavizar as guerras entre adeptos de futebol, que o Presidente da RTP, estação, que somos obrigados a financiar, através da fatura da eletricidade, fez um acordo com a Federação Portuguesa de Futebol, com o pretexto de promover o futebol

Como se o futebol não fosse a coisa mais promovida, por todas as estações de televisão!

Em vez de programas para entreter, promovem espetáculos para embrutecer

Vai estrear uma série de quatro programas, sobre a escravatura, no horário nobre da meia-noite!

Deve ser só para seniores de mais de setenta anos, que tenham insónias, porque os no ativo, de manhã, têm de ir trabalhar

Há muitas maneiras de censura!

Não é só a da Porto Editora

A RTP usa o horário, como aconteceu com a contra informação

Mudaram-na para um horário em que ninguém a via

Daí até acabar, foi um passo

Deem futebol, vinte e quatro horas, por dia, até o povo não mais aguentar!

 

José Silva Costa

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:39

Branco

por cheia, em 11.01.19

Frio

Um frio seco cortante

Mais branco que diamante

Deixa-nos num incómodo constante

Gela-nos como morte galopante

Não creio que tenha amante

Porque ninguém gosta de uma companhia tão deselegante

Pronto a gelar tudo num instante

A mandar, para o hospital, um montante

Para matar alguma bicharada é importante

Funciona como um bom desinfetante

Para a planta do trigo é radiante

Faz com que a raiz seja pujante

Não gosta do elefante

Tem um poder muito refrescante

Para uns, dignificante

Para outros muito irritante.

 

José Silva Costa

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:38

Lixo na TV

por cheia, em 05.01.19

Liberdade

Liberdade, quem a tem chama-lhe sua

Mas, há quem a tenha, e ande na lua

Até há quem a queira atirar para a rua

Experimentar o que é viver em ditadura

Não poder abrir a boca, na rua

Ler, ouvir e ver, só, o purificado pela censura

Embebedados por slogans com falsos conteúdos:

Vamos voltar a ser grandes, Portugal para os portugueses ………

Foi com esses chavões, que os ingleses se deixaram enganar

Agora, não sabem para onde se virar

Só em liberdade, poderemos, por um Mundo melhor, lutar.

José Silva Costa

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:42


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D