Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A hibernação

por cheia, em 22.10.17

A Hibernação

 

No domingo, 15 de outubro de 2017, o país ardeu

O lume, tudo, comeu

Quase meia centena morreu

Já em junho, sessenta e quatro tinham morrido

O país já tinha ardido

O Parlamento tinha reunido

Com o vento de junho acordaram da hibernação

Fizeram a lei do ordenamento

Cansados de não fazerem nada, no Parlamento

Apanharam um esgotamento

Foram dois meses ver o vento

Mas tiveram de fazer um prolongamento

Para em setembro andarem no esclarecimento

Quem ficou sem eira nem beira

Ao sol e ao vento teve de esperar

Que os Governantes voltassem a acordar

Em meados de outubro voltou o vento

Ardeu, toda, a zona centro

O Governo, do Presidente, levou um apertamento

No sábado, 21/10/2017, o Governo lançou milhões ao ar

Vamos ver quem os vai apanhar!

Até que enfim, que conseguiu acordar!

Mas, foi preciso muito vento soprar!

Muitos matar, tudo queimar!

 

José Silva Costa

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:02


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D