Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

socieadeperfeita



Sábado, 25.03.17

Horror

Horror

 

Um dia negro, frio, triste

A primavera não apareceu

Não quis presenciar as horrendas mortes

Cinco vidas ceifadas, na manhã fria

Uma ainda no ventre da mãe, vivia

Quem viu não vai esquecer, este dia

De olhos ensanguentados, matava o que via

Nas casas, nas ruas, só a morte se via

Foi tão horrendo que até o sol chorou

Lutas-te com valentia, tentando defender

Quem dentro de ti, pela última vez chorou

Mas a tua filha muito vai chorar

Por te levarem tão cedo, com tanta brutalidade

Uma mãe, na flor da idade!

 

José Silva Costa

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cheia às 20:57

Segunda-feira, 20.03.17

Dia da felicidade

Dia da felicidade

 

Primavera! Que tempo excitante

Com perfume brilhante

A apagar um inverno sufocante

Sob um céu cintilante

Uma melodia que a encante

Acorda toda a Natureza

Para o seu esplendor e beleza

Como se tudo começasse de novo

Com as árvores a vestirem-se e a florir

As aves a sorrirem de apaixonadas

Com cânticos e serenatas

Que terminarão num ciclo de renovação

Como acontece, todos os anos, por esta ocasião

Quando a Primavera nos dá a mão

Para nos acolher na sua mansão

Banqueteando-nos com as flores da mais bonita estação.

 

José Silva Costa

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cheia às 20:49

Terça-feira, 07.03.17

08/03/2017

Dia Internacional da mulher

 

 

Mulher, fonte do meu amanhecer

Raio de luz ao entardecer

Flor a desabrochar num coração

Viver no brilho da tua emoção

Cantar-te uma canção

No calor da tua paixão

Nas ondas dos teus seios

No teu colo, seguro

Não receio o futuro

Mãe, esposa

Minhas companheiras

Nas boas e más canseiras

Quero, todos os dias, vos agradecer.

 

José Silva Costa

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cheia às 22:24

Quinta-feira, 02.03.17

Mulher

Mulher

Essa magia de ser

Que faz o Mundo acontecer

Que dá vida às vidas!

E luz ao amanhecer

Embalando o Futuro

E o saber.

Mulher!

Mãe

Quanto queria

Não te ver morrer!

A tua presença

Ajuda-me a viver.

Mulher!

Companheira

Na igualdade

E na canseira

Na harmonia

De cada dia

Semearemos

E colheremos

Os frutos

De muitos anos

Filhos e netos

As nossas maiores

Alegrias.

José Silva Costa

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cheia às 23:29


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Março 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031