Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

socieadeperfeita



Terça-feira, 22.09.15

As estradas transformaram-se em granadas

A autoestrada para o Algarve

 

Aos três brasileiros, dois guineenses e um ucraniano, que faleceram na construção de um viaduto, no concelho de Almodôvar

 

Já Dezembro era entrado

Mais um ano quase acabado

Vindos de tão longe, desafiar o fado

Na auto-estrada, seu fim foi chegado.

 

Madrugada negra, no viaduto começado

Quatro da manhã, ferro e cimento

No escuro, surgiu o desabamento

Seis vidas ceifadas, num momento.

 

Trabalhar, de noite ou de dia

Ao vento ou à chuva fria

À procura de uma melhoria

Numa vida cheia de monotonia.

 

Viestes do Brasil, da Ucrânia e da Guiné

Com muitos projectos e muita fé

Procurar, em Portugal, melhor sorte

Mas aqui, encontrastes a morte.

 

A trinta e cinco metros de altura

Numa vida, muito, muito dura

Encontraram a sua sepultura

Numa noite muito fria e escura.

 

A construção da auto-estrada tem de seguir em frente

Ainda que esta venha a ser o cemitério de muita gente

Que aguarda a sua conclusão impacientemente

Porque anseia chegar, depressa, ao Algarve, quente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cheia às 21:05

Sábado, 19.09.15

Faz de conta

Faz de conta que não foi o Passos que escreveu a Sócrates, oferecendo-se para meter uma cunha ao FMI

Ora, o PS foi obrigado, contra vontade, a chamar a troica, mas o PSD é que desejou , que ela viesse, para justificar o ajuste com o 25 de Abril, como disse Catroga.

Faz de conta que não foi Passos que disse que não ia salvar empresas mal geridas, diga-se Grupo BES, que já nos custou 19 milhões de euros, através do Banco de Portugal.

Escondendo-se atrás do Banco de Portugal, porque há políticos que nunca assumem as suas responsabilidades.

Faz de conta que o ano letivo começou na data prevista, que os professores não abandonaram os alunos, para participarem na campanha eleitoral, provando que podemos planear a nossa vida, porque este país continua a ser o país da brincadeira.

Faz de conta que as pessoas que tiveram de tomar conta das crianças, durante o tempo que estariam nas aulas, não faltaram ao trabalho, fazendo com que nos mantenham nos mais produtivos!

 

Num país normal, a colocação dos professores é feita antes de começar o ano letivo.

Faz de conta que esta campanha eleitoral tem sido muito esclarecedora! Ainda não falaram do passado, nem de Sócrates, apenas o que pensam fazer na educação, saúde e justiça.

Faz de conta que vivemos no paraíso, pelo menos , é o que dizem os Governantes.

Faz de conta que ninguém imigrou nestes últimos anos. Pudera, por que razão abandonariam o paraíso?

 
 
<input ... > <input ... > <input ... > 
<input ... >
<input ... >
<input ... >
<input ... >
 
 

.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cheia às 21:23

Sábado, 05.09.15

Budapeste cedeu

Tanta guerra, tanta intolerância

Tanta fome, tanto desespero

Tanta esperança, tanto medo

Tanta água para um cemitério!

 

Tanta criança inocente

Ao colo de quem ambicionava ser Gente

Tanta aposta num dia diferente

Tanta coragem para seguir em frente!

 

Morrer, por morrer, vale mais correr

Do que ouvir os filhos de fome gemer

Porque parte o coração, só de ver

A tantos sacrifícios, os submeter!

 

Quem é que consegue entender?

O que no Mundo está a acontecer

Quem souber, que o diga

Porque custa muito, ver

Tanta gente a morrer!

 

 

José Silva Costa

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cheia às 17:00


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2015

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930